Você sabia que a área de transporte de produtos hospitalares é uma das mais delicadas na área da saúde e que exige mais do que especialização. Vamos saber mais?

É uma atividade que exige conhecimento, atendimento qualificado e qualidade, confira no nosso artigo!

Na última sexta postamos um artigo que inundou nossa caixa de e-mail’s. Hoje trazemos mais um que promete despertar muitas exclamações nos nossos leitores. Acompanhe.

 

A atividade de transporte de produtos hospitalares é única e conhecida por transportadores como – cheia de frescura. Mas será mesmo frescura?

O que alguns chamam de frescura, nós chamamos de qualidade. E é de qualidade que a área da saúde deve se “alimentar”.

O consumidor e as empresas já estão fartas de prestadores de serviços amadores. Ou, ainda, que fazem qualquer coisa para ganhar um dinheirinho…

Que fique bem explicado que quando falamos de fazer qualquer coisa, queremos abordar os que fazem algo especializado sem ter competência para tal. Então o que é competência?

O Transporte de produtos hospitalares leva produtos de importância para dentro de hospitais, clínicas e centros de saúde.

Levamos equipamentos, instrumentos, acessórios, produtos descartáveis e produtos que vão atuar na saúde de um ou mais indivíduos. Não é que este tipo de transporte é especializado mesmo? Continue lendo…

Para isso há a necessidade de conhecimento e qualidade, não é frescura! Existem regras da Anvisa para tais transportes. Que tal conhecer um pouco dessas regras no site da Anvisa?

 

Também o fornecedor do produto deve entender que se seu produto é entregue em condições adversas a imagem da empresa fica prejudicada. Conheça pontos que prejudicam sua empresa e seu parceiro:

Algumas condições adversas:

  • Entregadores com vestimentas sujas, com sapatos sujando o piso do hospital;
  • Falta de conhecimento do ambiente de entrega e do tipo de produto;
  • Não conseguir falar, conversar, argumentar, conferir uma mercadoria ou fazer uma anotação legível;
  • Carregar os produtos em carros sujos;
  • Carros sujos e sem manutenção para entregas urgentes – Imaginem se o carro quebra no trajeto?

Este tipo de serviço também exige que a empresa possua profissionais capazes e competentes. Estes profissionais podem ser requisitados a entregar a uma pessoa uma encomenda em mãos e ainda orientá-la!

Chamamos isso de Hot Line, com entregas urgentes, qualificadas, em mãos, de grande importância. Também a necessidade de que o portador saiba o que carrega

 

No Transporte de produtos hospitalares há também a modalidade de importação e exportação. Na maioria das vezes a importação.

Nessa modalidade os hospitais e empresas que fornecem para hospitais importam produtos para atendimento de demandas aqui no Brasil.

Como dissemos no artigo anterior, é uma atividade de extrema especialização e de conhecimentos necessários.

O Time necessário para atividades de importação é inquestionável. Há um cronograma a cumprir para atendimento do hospital. O transporte deve ser ágil – direto do terminal, porto ou aeroporto para o cliente.

 

Entre em contato com a Pharlog e saiba mais sobre o Transporte de produtos hospitalares.

Pharlog (11) 28727200