Olá, você saberia dizer o que é o Transporte de cargas sensíveis?

Não sabendo que são cargas sensíveis, já parou para imaginar quantas vezes seu produto pode ter sido transportado de forma errada?

E mais, quantas vezes já pode ter colocado seu produto ou cliente em risco?

A Anvisa não cria regras claras com relação a este transporte, mas e as Boas Práticas de sua empresa? Qual a credibilidade que sua empresa possui junto a seus clientes e no mercado? Pense nisso!

O que é o Transporte de cargas sensíveis ?

O Transporte de cargas sensíveis é um conjunto de ações voltadas a produtos que, em decorrência dos fatores de transporte, podem ter suas características alteradas.

Uhhh, mas assim teremos uma infinidade de produtos que se enquadram no Transporte de cargas sensíveis? Parece que sim.

E, por isso, a Pharlog resolveu escrever este artigo de suma importância.

 

Quais tipos de cargas podem precisar do Transporte de cargas sensíveis ?

Vamos nos reservar, hoje, a falar somente de cargas da área da saúde. Mas citaremos outros exemplos, se couber.

Medicamentos

São considerados sensíveis por terem suas características alteradas em função da luminosidade e temperatura. Outros fatores são também muito importantes, como a compatibilidade de cargas;

 

Produtos para a saúde/ correlatos

Entendemos que compreende a maior gama de produtos sensíveis:

Os Equipamentos, em sua grande maioria vem calibrados. Possuem dispositivos internos que alteram os resultados e o funcionamento do equipamento.

São também extremamente tecnológicos, onde a sensibilidade é vital.

Muitos são usados para cirurgias que necessitam de exatidão enorme.

A característica mais comum destes produtos é a necessidade do transporte vertical. Ou seja, transporte em veículos especiais com plataforma e caminhões munck.

Também os funcionários que manuseiam devem saber a hora de usar equipamentos como: Paleteira, carrinho, tartarugas e a empilhadeira que pode ser elétrica, mecânica ou a gás.

Ainda no escopo dos correlatos, temos os KIT’s para diagnósticos, peças e partes de reatores, aceleradores e acessórios.

A limpeza, temperatura e qualidade do veículo devem também ser lavadas em consideração. Veículos que “pulam” demais podem trazer riscos ao equipamento.

O dimensionamento exige conhecimento, estudos e prática do Transporte de cargas sensíveis no dia a dia.

 

Cosméticos

Não parece, mas são tipos de produtos com alto grau de sensibilidade.

As principais características que alteram estes produtos são: Agitação por longos períodos, temperatura, odores, produtos contaminantes e luminosidade.

Todos os pontos acima podem alterar a cor, a consistência, as características e a ação dos produtos.

Lembremos que apesar de muitos serem produtos para fins estéticos, não quer dizer que não devam ser cuidados. A estética reparadora é uma área importante para acidentados.

Nem toda a cosmetologia é destinada a simples vaidade e, ainda que fosse, o consumidor tem o direito de receber em ordem o que adquiriu.

Alimentos

Os alimentos devem ser, senão os mais sensíveis, mas aqueles que podem causar maior dano, provavelmente!

Isso por que ao adquirirmos os alimentos, em geral, não há uma barreira para orientação.

Na farmácia, ao adquirir o medicamento, o farmacêutico já verificou a saída da carga, o transporte, a chegada da carga. Já analisou por amostragem os produtos e os colocou nas prateleiras.

Na dispensação, o farmacêutico orienta a pessoa sobre o uso e os riscos.

Na alimentação, em geral, vai do produtor ao consumidor em poucas etapas. A qualidade do transporte é vital.

Especialmente alimentos perecíveis ou in natura devem ser transportados na modalidade Transporte de cargas sensíveis.

 

Não é incomum recebermos solicitações de transporte de um equipamento – de qualquer jeito.

O vendedor vende e o transporte é feito de qualquer modo. Típico do Brasil e de empresas ruins.

 

A empresa que adquire um equipamento sensível deve cobrar qualidade no transporte.

E mais, deve cobrar que esta empresa possua Anvisa e um responsável técnico pelo transporte.

Qualificando a empresa de transporte

Concluindo, as empresas que comercializam ou distribuem produtos médicos, dispositivos e equipamentos para uso médico ou hospitalar, devem ter uma ou mais transportadoras qualificadas.

Já tratamos aqui da qualificação de transportadoras para o Transporte de cargas sensíveis

O fato é que a empresa que adquire um produto deve cobrar do revendedor ou fornecedor a qualidade até o fim.

Para mais informações, ligue para a Pharlog Transportes e obtenha o melhor suporte na carga de seus produtos.